VEREADORES DE SALVADOR PENSAM EM SUSPENSÃO DE CONTRATO DA TORRE DEPOIS DA CONDENAÇÃO EM SERGIPE

TORRE

 

Atendendo a provocação do Ministério Público Estadual de Sergipe, o juiz Manoel Costa Neto, do município sergipano de São Cristóvão, condenou sob a acusação de improbidade administrativa os ex-prefeitos Jadiel Campos e Alex Rocha, o ex-secretário Wanderley Borges de Mendonça e os sócios da Torre Empreendimentos Rurais Ltda, empresa que atua no ramo de coleta de lixo em Salvador. Pela empresa, foram condenados os sócios José Antonio Torres Neto e Soraya Machado Torres dos Santos, além do representante legal José Carlos Dias da Silva. Segundo a denúncia, a administração municipal teria desviado recursos do FNDE e repassado para pagamento à Torre. Todos tiveram decretada a suspensão dos seus direitos políticos pelo prazo de 8 a 10 anos, além da proibição de contratar com o poder público pelo prazo de 10 anos. Ainda cabe recurso do decisão, mas vereadores em Salvador já pensam em pedir a suspensão do contrato da Torre com a Prefeitura, além de questionar a eventual participação da empresa na futura licitação para o lixo na capital baiana. Fonte: Política Livre

Escreva seu comentário

Veja o vídeo