Archive for setembro, 2017

PROFESSORA, EX-DIRETORA DO ILÊ AIYÊ, ARANY SANTANA, É A NOVA SECRETÁRIA ESTADUAL DE CULTURA

Professora Arany Santana

O governador Rui Costa informou na tarde desta sexta-feira (29) que a Secretaria de Cultura do Estado será comandada por Arany Santana, ex-diretora do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI). A cerimônia de posse será na próxima segunda-feira (1º), às 14h, no Salão de Atos da Governadoria.

Arany ocupa a vaga deixada por Jorge Portugal, que entregou carta ao governador para pedir exoneração do cargo na última quinta (28).

Professora, atriz e ex-diretora do Ilê Aiyê, Arany Santana diz que dar continuidade ao trabalho implementado na gestão é motivo de honra. “A cultura teve avanços na Bahia principalmente com o projeto de interiorização, com as Escolas Culturais. Como educadora, acho um dos projetos mais importantes junto às escolas públicas. Vamos continuar garantindo um trabalho de qualidade junto a artistas e grupos sociais”, declarou a nova secretária.

GLAUCOS PEDE A MORO QUE INTIME HOSPITAL A APRESENTAR REGISTROS DE VISITAS DE CONTADOR

Juiz Federal Sergio Moro

A defesa de Glaucos da Costamarques pediu ao juiz federal Sérgio Moro que intime o hospital Sírio Libanês para que entregue registros de visitas do advogado do ex-presidente Lula, Roberto Teixeira, e do contador João Muniz Leite. Primo de José Carlos Bumlai, amigo de Lula, Glaucos é apontado como ‘laranja’ do petista no suposto recebimento de imóveis pela Odebrecht como forma de propinas. Para a força-tarefa da Lava Jato, a Odebrecht custeou a compra do apartamento, em nome de Glaucos da Costamarques, primo do pecuarista José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente. Na mesma ação, ele responde por também ter supostamente recebido da empreiteira terreno onde seria sediado o Instituto Lula, no valor de R$ 12,5 milhões. A denúncia da Procuradoria da República sobre o apartamento 121, no edifício Hill House -vizinho à residência de Lula, em São Bernardo do Campo – ainda aponta que propinas pagas pela Odebrecht, no esquema que seria liderado pelo ex-presidente, chegaram a R$ 75 milhões em oito contratos com a Petrobrás. A Lava Jato afirma que não houve pagamento de aluguel entre fevereiro de 2011 e pelo menos novembro de 2015. Nesta segunda-feira, 25, a defesa do ex-presidente apresentou documentos que contestam a versão dos procuradores. Em petição ao juiz federal Sérgio Moro, a defesa de Glaucos reiterou o que ele já havia dito em seu interrogatório no último dia 6. Ele disse ter sido procurado por José Carlos Bumlai ‘no sentido de adquirir um imóvel em um edifício em São Bernardo do Campo – SP, em seu nome, uma vez que não contava com recursos necessários para fazê-lo pessoalmente’. “Como razão primordial, informou a GLAUCOS que precisava atender a um pedido da Sra. Marisa Letícia Lula da Silva, preocupada com o fato de alguém poder interessar-se pelo imóvel, que era localizado no mesmo andar, e em frente, ao apartamento que servia de residência ao ex-presidente e sua esposa, cuja privacidade poderia ser comprometida”

Informações: Estadão e Política Livre

NETO SE RECUSA A DIALOGAR SOBRE CORTES: ‘SE NÃO ESTÁ SATISFEITO, SAIA’

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), disse, na manhã desta sexta-feira (29), que não haverá qualquer diálogo sobre a decisão de cortar, em até 15%, os salários de indicados dos vereadores.

“Aí não tem o que dialogar. Corte em gratificação, em cargo de confiança, depende apenas do prefeito. Quem não estiver satisfeito, peça demissão e pode sair da prefeitura. Não tem problema nenhum. Isso faz parte de todo um trabalho que a gente está fazendo de contenção de despesas, de organização das contas da prefeitura. Não estou fazendo porque quero. Estou fazendo porque não tenho alternativa. Tínhamos que escolher um caminho para garantir mais economicidade. Quem não estiver satisfeito, pode pedir para sair. O Diário Oficial está pronto para ser rodado”, afirmou ao ser provocado pelo repórter do blog bahia.ba, durante o evento de assinatura de um termo de compromisso entre o Ministério da Educação e a administração soteropolitana, nesta sexta-feira (29), no Sheraton da Bahia Hotel, para a reconstrução de nove Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs).

O corte nos salários de indicados provocou uma “insatisfação” na base do prefeito. O decreto assinado por ACM Neto há dois meses atinge todas as pastas do governo municipal.

Processo – O prefeito afirmou ainda que ajuizará ação contra o vereador oposicionista, José Trindade (PSL), que o acusou, na tribuna da Câmara de Salvador, de “chefiar uma organização criminosa”, na última quarta-feira (27).

“Mais um processo contra ele. Meu advogado já foi acionado ontem. Mais um processo contra esse senhor”, prometeu.

Fonte: bahia.ba

JORGE PORTUGAL PEDE EXONERAÇÃO DO CARGO DE SECRETÁRIO DE CULTURA DA BAHIA

Foto Lucas Rosário

A Secretaria de Comunicação confirma o recebimento, nesta quinta feira (28), de carta com o pedido de exoneração encaminhada ao governador Rui Costa, por Portugal, sob alegações de “questões pessoais e profissionais”.

Em nota, a governadoria destaca os “relevantes serviços prestados pelo professor, compositor, Jorge Portugal. Segundo circula nos meios de informação, o nome do substituto será anunciado nos próximos dias.

SERÁ ENTRE 5 e 8 DE OUTUBRO, A FESTA LITERÁRIA INTERNACIONAL DE CACHOEIRA – FLICA 2017

A Festa Literária Internacional de Cachoeira já se tornou tradição no calendário de eventos literários do Brasil. A sétima edição, entre os dias 5 e 8 de outubro, segue trazendo para o Recôncavo Baiano influentes nomes da literatura nacional e internacional, com programação para adultos e crianças. Em 2017, como nas edições anteriores, estão programados debates literários, lançamento de livros, exposições, apresentações artísticas, contações de histórias e saraus.

Este ano, Ruy Espinheira Filho será o homenageado. Autor de mais de 20 livros, recebeu diversos prêmios, como o Nacional de Poesia Cruz e Sousa,  Nestlé, Ribeiro Couto, da União Brasileira de Escritores, de Poesia da Academia Brasileira de Letras, Portugal Telecom, Rio de Literatura, além de ganhar o Jabuti. Tem contos e poemas em diversas antologias publicadas no Brasil e no exterior (Portugal, Itália, França, Espanha e Estados Unidos).

A Editora Galinha Pulando vai estar presente durante a programação. A escritora Rita Pinheiro e o poeta Valdeck Almeida de Jesus estarão no estande.

Entre os títulos que a Editora vai comercializar, durante o evento, está o “Memorial do Inferno”, de Valdeck Almeida de Jesus, que conta a história da família Almeida, natural de Jequié, que passou fome por mais de 25 anos e que conseguiu se estabelecer, apesar das adversidades. Valdeck Almeida também apresenta “Gayroto de Programa: 5000 mil tons de sexo”, que é o relato da vida nada romântica de um homossexual nascido na pequena Upabuçu, cidade da região de Lagedo do Tabocal, no Vale do Jequiriçá e emociona pela crueza e beleza da luta de um gay interiorano que tenta, a seu modo, ser aceito e conquistar um amor;

Já Rita Pinheiro estará autografando “Os poemas que eu não gostaria de escrever e nem você de ler”. A professora Rita Pinheiro faz poemas que cortam, dilaceram, sangram. A obra é forte, dura, incisiva, luta contra todo tipo de injustiça, principalmente contra a violência contra a mulher. Emocionante e pleno de afetividade, este livro marca um lugar na história da poesia da Bahia.

Na Feira há sempre espaço para as crianças. Livros e brincadeiras criam um universo lúdico para a Fliquinha, um espaço literário direcionado aos pequenos. A curadoria é de Lília Gramacho e Mira Silva, que já estão no posto há cinco anos.

Aos amantes da literatura de todas as idades e gostos, a Flica é um espaço para contemplar o mundo das letras, sendo um dos maiores eventos literários do país.  As mesas de debate ocorrem, desde a primeira edição, no já mencionado Claustro, enquanto a Fliquinha tem lugar no Cine-Theatro Cachoeirano, outro prédio tombado pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Parte da programação acontece no Espaço Educar para Transformar, localizado em frente à Câmara Municipal de Cachoeira. Lá, o público pode participar de diferentes atividades, como lançamento de livros, exposições, apresentações artísticas, contação de histórias e saraus.

O Governo do Estado da Bahia apresenta a Flica 2017. O projeto é realizado pela Cali e Icontent e tem patrocínio do Governo do Estado, por meio do Fazcultura, e apoio do Hiperideal, da Prefeitura Municipal de Cachoeira e da Coelba.

O EFEITO CASCATA DA MENTIRA QUE VEM DA ALTA POLÍTICA

 Por Francisco Daudt* via Aninha Franco*

“É tudo mentira. Ele é um simulador, frio, calculista, ele é capaz de simular uma mentira mais verdadeira que a verdade.”

Pois é. Eu estava bem feliz de tratar de assuntos conceituais da natureza humana, de não ter que falar de política, desde que Madame retornou à insignificância de onde nunca deveria ter saído, mas essas frases acima…. Nas palavras de Michael Corleone, “eu quero sair, mas eles me puxam de volta!”

Para minha sorte, elas se referem a uma condição humana pouco entendida: a sociopatia. O sociopata é um psicopata que opera no atacado. Não se contenta em ser um assassino em série, um pequeno trapaceiro, um malfeitor de voo curto. Como o psicopata, ele não tem barreiras morais que se interponham a seus propósitos criminosos. Não há remorso, não há reconhecimento de erro, não há humildade. Ao contrário, há megalomania: a convicção de superioridade, de estar acima do bem e do mal, de ser possuidor de uma clareza mental assassina que transforma todos os demais em imbecis. E um gozo infinito em fazê-los de imbecis. Não poderia dar explicação melhor de como funciona um psicopata do que aquelas frases do início: a simulação fria do que for necessário para seus propósitos. Fazer-se de vítima? Ele será a maior vítima do mundo. Mentir descaradamente? Ele fará a mentira soar como a maior das verdades. Ignorar o que disse ontem e dizer o justo oposto? Foi você que ouviu mal, ele sempre pensou assim. Compromisso com a verdade, com a dignidade, com a honestidade? Zero. Mas se a aparência disso lhe for útil, ele se dirá a pessoa mais honesta do Brasil.

Manipulação? É fascinante assistir a ela. Televisionado na presença de um juiz, ele o usará como palanque para falar com seus seguidores, e dar-lhes argumentos –ainda que rudimentares– que mantenham sua crença nele.

Não existem psicopatas burros. O despudor, o cinismo e a leviandade retiraram-lhes as travas mentais que nos restringem. Dizem que os psicopatas não têm superego. Não é isso, pois tudo o que fazem é direcionado justamente contra aquilo que o superego manda. Eles são obcecados pela quebra das leis e da ética. É uma vida devotada à transgressão e à trapaça: seu maior gozo é chutar o superego para o alto.

O sociopata descobriu a mais eficiente das armas para manipular multidões: o sentimento de culpa. “Eu fui ferrado na vida, e os culpados são ‘eles’, e agora eu falo em nome de todos os ferrados, para nos vingar ‘deles’.” Como pastor do coitadismo, tudo lhe é desculpado, a culpa é dos outros. Não é à toa que sentir-se ofendido e culpar os outros virou uma praga em que o politicamente correto tomou carona.

O que nos leva à cascata. Quando Pedro Aleixo recusou-se a assinar o AI-5, perguntaram-lhe se ele temia que o presidente fizesse mal uso dele. “Não temo o presidente”, respondeu, “mas quando o autoritarismo se instala no alto da cadeia de comando, desce em cascata até o guarda da esquina. E este eu temo”.

É a cascata o pior legado do sociopata e seus asseclas: a corrupção moral do país, o coitadismo, a incompetência abençoada são ainda mais graves que os horrores que têm aparecido.

 

*Francisco Daudt é psicanalista, médico e colunista da Folha de São Paulo

**Aninha Franco é escritora, pensadora, poeta, dramaturga, crítica, advogada e ativista cultural.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ÍNDIOS DIZEM QUE ÁREA DA FAZENDA DE GEDDEL É SAGRADA E QUEREM DEMARCAÇÃO

Índios ocuparam fazenda de Geddel Vieira Lima na Bahia – Foto TV Santa Cruz

Os índios pataxó que ocuparam a fazenda atribuída ao ex-ministro Geddel Vieira Lima e ao irmão dele, o deputado Lúcio Vieira Lima, no município de Potiraguá, no sul da Bahia, já estão no local há quatro dias e querem a demarcação das terras, que segundo eles são indígenas. A área tem, ao todo, 643 hectares, o que equivale a 643 campos de futebol. Os indígenas, de várias aldeias da região, dizem que, na fazenda, existem ao menos três cemitérios indígenas e que, por isso, o local é considerado “sagrado”. “Foi uma ocupação pacífica. Nosso objetivo aqui, nesse local, é a nossa terra sagrada”, disse o índio Araruã Pataxó. “Precisamos ocupar aqui, porque é o nosso território”, afirmou outro índio, o Capitlé Pataxó. A Polícia Civil do município, que até então estava à frente das investigações, encaminhou o caso para a Delegacia da Polícia Federal de Vitória da Conquista, no sudoeste do estado. Isso porque a PF, segundo a Polícia Civil, é o órgão responsável por atuar em situações como essa, que envolvam indígenas.

Apesar da ocupação na fazenda, o clima em Potiraguá é de tranquilidade. Nesta terça, uma equipe da Polícia Militar fez uma ronda na região. “Encontramos um clima de paz, um clima tranquilo. Orientamos os mesmos [os índios], em caso de haver alguma iminência de conflito aqui, a buscar intervenção da Polícia Militar”, destacou o comandante da PM Major Edmário Araújo. Até o último sábado (23), mais de mil cabeças de gado estavam na fazenda, mas, segundo os índios, no domingo (24), funcionários da fazenda levaram os animais. A reportagem da TV Santa Cruz não conseguiu contato com a defesa de Geddel e nem com o deputado Lúcio Vieira Lima nesta terça.

Informações G1 e Giro

DENÚNCIA CONTRA TEMER: VEJA COMO VOTOU CADA DEPUTADO FEDERAL DA BANCADA DA BAHIA

Voto dos deputados baianos a favor e contra Michel Temer na primeira denuncia.

GRACIAS A LA VIDA!

 

QUESTIONADO SOBRE MUDANÇAS NO SECRETARIADO, RUI PREFERE FALAR SOBRE INAUGURAÇÃO

O governador Rui Costa (PT) admitiu mais mudanças no secretariado feitas ainda nesta semana. Apesar de já há algum tempo se especular sobre a saída de Jorge Portugal da secretaria de Cultura, o governador preferiu não revelar. Sobre as notícias de pressão do PR para ocupar a Bahiatursa, descartando Diogo Medrado, Rui não se posicionou. – Estamos conversando, disse, durante solenidade de inauguração, nesta terça-feira (26), no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador. Trata-se do Centro de Diagnóstico por Imagem, fruto de Parceria Público-Privada mantido com a Rede Brasileira de Diagnóstico, onde foram investidos R$ 13,2 milhões para construção e reforma da unidade de Bio Imagem e instalação de dois equipamentos de Tomografia Computadorizada e um equipamento de Ressonância Magnética. O hospital está localizado na Avenida Vasco da Gama, no bairro da Federação.