Archive for abril, 2014

UESB PROMOVE TORNEIO DO TRABALHADOR NO CAMPUS DE JEQUIÉ

TroféusPor Wellington Nery

Tudo pronto para o início do 1º Torneio do Trabalhador da Uesb, a ser realizado no campo de futebol society, no campus de Jequié, nos dias 2, 3 e 4 de maio, numa iniciativa do servidor técnico-administrativo Juscelino Austregésilo Batista, com o apoio da Prefeitura de Campus, do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos (Afus) e do Movimento Servidores em Ação. A tabela da competição pode ser conferida aqui (link). Participarão do torneio cinco equipes compostas por representantes dos servidores técnico-administrativos, vigilantes, setores de informática e audiovisual, agentes de portaria, serviços gerais e professores (link para equipes inscritas). Ao campeão e ao vice-campeão do Torneio, serão ofertados troféus e medalhas. Os melhores artilheiro e goleiro também serão premiados com medalhas. Ao final do evento, será realizada uma confraternização no espaço Espetinho Universitário. Toda a comunidade acadêmica está convidada a prestigiar esse momento de integração entre colegas de trabalho. Participe!

VITÓRIA VAI PROCESSAR JORNAL QUE TROCOU ESCUDO DO CLUBE

VitóriaUm dos principais jornais do Brasil, o Globo cometeu uma gafe nesta quarta-feira (30) em um encarte sobre o Campeonato Brasileiro. O diário colocou colocou um escudo com a inscrição “VICE” em vez das letras ECV, que representam o Esporte Clube Vitória.

a ideia de vice incomoda

a ideia de vice incomoda

Carlos Falcão, presidente do Vitória, afirmou que o departamento jurídico vai acionar o jornal pela equívoco cometido.

“Tomamos conhecimento do caso hoje [quarta-feira] pela manhã. Nosso departamento jurídico está tomando todas as providências jurídicas. O jornal vai ser notificado”, disse o cartola, em entrevista ao Bahia Notícias.

PROJETO DE LEI PREVÊ REDUÇÃO DE IMPOSTOS PARA CARROS ELÉTRICOS E HÍBRIDOS

Deputado João Carlos Bacelar

Deputado João Carlos Bacelar

O deputado federal João Carlos Bacelar (PR-BA) apresentou um projeto de lei à Câmara Federal com intuito de incentivar a indústria automotiva em toda a sua cadeia produtiva. De acordo com o republicano, a proposta institui um Programa de Incentivo a Novas Tecnologias de Propulsão para a Cadeia Produtiva de Veículos Automotores – INOVAR – TECNOLOGIA, vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. A meta, segundo o legislador, é impulsionar o Brasil na rota de novas tecnologias de propulsão (motores elétricos, híbridos e células de combustível) para veículos terrestres (carros, ônibus, caminhões e motocicleta), direcionadas a eficiência energética, redução do consumo e de emissões de poluentes. Além disso, o projeto determina que o Poder Executivo seja o responsável pelos termos, limites e condições à habilitação ao INOVAR – TECNOLOGIA, sendo consideradas as especificidades dos veículos leves, de passageiros e comerciais; pesados de passageiros e de carga. “No exterior existem híbridos fabricados por quase toda grande montadora enquanto no Brasil nossas opções são resumidas. Temos que pensar que um fator que impede a expansão é o preço, ou seja, uma mudança tributária já aliviaria a diferença. Os carros elétricos, que não emitem poluição, e os híbridos, que são equipados com um motor a combustão e um elétrico serão beneficiados – com isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Precisamos incentivar a indústria automobilística”, afirmou. Os veículos híbridos e elétricos não foram contemplados pelo programa federal Inovar Auto, lançado em 2012 e que tem como uma das principais medidas dar benefícios fiscais em troca de maior eficiência energética. “Além de diminuir a poluição ambiental veicular, abastecer um carro a gasolina é dez vezes mais caro que carregar um modelo elétrico”, complementou.

IPIAÚ – SEMINÁRIO TERRITORIAL DO CACAU E CHOCOLATE MOVIMENTOU PRODUTORES DA REGIÃO

Centenas de pessoas entre produtores da região, autoridades e convidados,  prestigiaram a realização do IºAgrocacau (Seminário Territorial do Cacau e Chocolate) que  aconteceu nos dias 23 e 24 de abril no auditório da AABB de Ipiaú.

A abertura oficial do evento, na noite de quarta-feira,23, contou com a participação de  autoridades, destacando-se entre elas o  Diretor Geral da Ceplac, Hilinton José Rocha. Ele considerou o seminário como uma realização muito importante, sobretudo porque aborda assuntos referentes à cacauicultura do futuro na qual o Brasil poderá se tornar mais competitivo produzindo um cacau com bom preço e de excelente qualidade, inclusive ofertando  para o mercado internacional um chocolate mais saudável,com um percentual acima de 35% de sólidos de cacau. “Há uma tendência de evolução”, pontuou Hilinton Rocha.

Na quinta-feira, 24, foi apresentado o ciclo de palestras. A primeira delas, sobre o tema “Inovação e Mecanização da Lavoura Cacaueira”, sendo palestrante o professor da UESC, Samuel Leandro Oliveira de Matos. Em seguida, às 10h30m o técnico da Ceplac, Joseval  Menezes Martins abordou o tema “Melhoria da Qualidade do Cacau”. No período da tarde, às 13h30 a programação teve continuidade com o pesquisador Raimundo Camelo Mororó apresentando a palestra “Tecnologia de Pós Colheita do Cacau Fino”; às 14hs50m, o professor Ivan Pereira (do IFBaiano/Uruçuca) falou sobre “Equipamentos e Produção de Chocolate”. Fechando o ciclo de palestras o doutor Almir Martins, da Ceplac, abordou o tema: “Tendências Atuais para o Mercado do Chocolate”. Dentre as instituições apoiadoras do seminário figuram o Sebrae, a Faeb, o Senar e o Banco do Brasil.

Euclides Neto

euclides netoNa parte cultural do evento, foi lançado o livro “Euclides Neto”, biografia escrita pela jornalista Lília de Souza, como parte integrante do projeto Gente da Bahia da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia. A presença de dona Angélia Mendonça Teixeira, viúva de Euclides Neto, seus filhos Marcelo, Espártaco, advogado e médico veterinário radicados em Ipiaú e a advogada Denise Teixeira, domiciliada em São Paulo, abrilhantaram a solenidade de abertura oficial do seminário com um emocionante pronunciamento de Denise. Exemplares do livro foram disputados pelo  público presente. Também constou da programação a exibição do o filme de curta metragem “O Velho e os Três Meninos”, do cineasta ipiauense Henrique Filho, baseado no conto homônimo de Euclides Neto,  conto inserto na obra “O Tempo é Chegado” de Euclides Neto, publicada postumamente.

O órgão estadual de assistência técnica e extensão rural de Jequié (EBDA) se fez presente através dos engenheiros agrônomos Manoel Pereira e Renildo Peixoto que mediaram os debates sobre a cultura e produção de cacau e processo de fabricação de chocolate.

PODEROSO SECRETÁRIO DE GOVERNO DE TÂNIA CAI E VIRA “BOI DE PIRANHA”

Prof. Jairo Rodrigues, novo Secretário de Governo de Jequié

Prof. Jairo Rodrigues, novo Secretário de Governo de Jequié

Talvez para aplacar a ira de setores da sua base aliada na Câmara de Vereadores, a prefeita Tânia Britto acaba de exonerar o secretário de Governo Eduardo da Glória Barbosa, no cargo desde o início da atual Administração do município.

Não adiantou a estreita vinculação de Eduardinho com o deputado federal Roberto Brito. Acabou sendo usado como o boi que é atirado para ser devorado pelas piranhas enquanto a boiada passa ao largo em local mais abaixo do rio.

Desde algum tempo vereadores da bancada da situação t       êm demonstrado insatisfação com as ações do secretário de Governo. Informações recorrentes de fontes que serão preservadas, davam conta de que o Eduardo colecionava todos os processos que implicavam nomeações e pagamentos e na sexta feira descia pra Salvador onde despachava com RB que estabelecia as prioridades. Nesses casos, relata a fonte, os vereadores não tinham seus pleitos atendidos. Os encontros se davam no escritório do Centro Empresarial Iguatemi, endereço do deputado em Salvador.

Eduardo Barbosa deixa a pasta de Governo da Administração Tânia Britto.

Eduardo Barbosa deixa a pasta de Governo da Administração Tânia Britto.

O cargo que Eduardo da Glória Barbosa, está deixando nesta terça-feira (29), será ocupado pelo professor Jairo Rodrigues Silva Filho, titular da Secretaria de Esportes e Lazer desde o início da gestão, tendo respondido interinamente pela Secretaria de Cultura e Turismo.

A substituição de Eduardo da Glória por Jairo Rodrigues foi uma estratégia acertada uma vez que atende aos interesses dos vereadores insatisfeitos com o secretário de Governo que vinha sendo alvo direto de duras críticas e não desagrada ao deputado Roberto Britto, uma vez que Jairinho é um dos quadros de maior confiança de RB.

O episódio lembra uma célebre e filosófica frase do velho líder Waldomiro Borges. Utilizada agora indica o quanto a Dra. Tânia foi hábil. “Não matou o veado nem deixou a onça com fome…” Sábias palavras.

MINISTROS DO STF REAGEM A DECLARAÇÃO DE LULA SOBRE MENSALÃO

Ministro do STF Marco Aurélio Mello

Ministro do STF Marco Aurélio Mello

Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) reagiram à declaração do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de que o julgamento do mensalão teve “80% de decisão política e 20% de decisão jurídica”. Para integrantes do STF que participaram do julgamento, as condenações dos envolvidos foram técnicas e baseadas estritamente em provas. “O dia que pensarmos que STF decide a partir de enfoque político, estaremos muito mal”, afirmou o ministro do STF Marco Aurélio Mello. “Não sei qual foi o instrumento utilizado pelo presidente para encontrar essas percentagens. Mas ele nos deu um crédito, de 20%. Quase uma gorjeta”, completou. Indagado sobre os motivos do ex-presidente para ter dado essa declaração, Marco Aurélio afirmou que Lula é “um homem, acima de tudo, político”. “Ele personifica o PT. Estamos em ano destinado a eleições. Temos de relevar isso”, disse. Para ministros do STF, Lula teria tentado encontrar um discurso político para justificar os fatos perante a militância: “Se puder aliviar o fardo, aliviará.” Outro detalhe observado por um integrante do Supremo é a composição do tribunal. Dos 11 atuais ministros, apenas 3 não foram indicados por Lula ou pela presidente Dilma Rousseff, que são filiados ao PT. Em entrevista à Rádio Jovem Pan, o ministro Gilmar Mendes lembrou que Lula chegou a pedir desculpas aos brasileiros por causa do mensalão. “Agora, inclusive, nós temos esta conta, que também é muito singular. Julgamento político em 80%, 20% jurídico. Como ele não é da área jurídica, talvez também ele esteja adotando um outro critério”, disse. “Como se enquadrar nesse porcentual preciso de 80% e 20%. Está tudo muito engraçado”, afirmou.

 

JOAQUIM BARBOSA REJEITA CRÍTICA DE LULA AO PROCESSO DO MENSALÃO

Min.Joaquim BarbosaO presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, repudiou as críticas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao julgamento do mensalão. “Lamento profundamente que um ex-presidente da República tenha escolhido um órgão da imprensa estrangeira para questionar a lisura do trabalho realizado pelos membros da mais alta Corte de Justiça do País. A desqualificação do Supremo Tribunal Federal, pilar essencial da democracia brasileira, é um fato grave que merece o mais veemente repúdio. Essa iniciativa emite um sinal de desesperança para o cidadão comum, já indignado com a corrupção e a impunidade, e acuado pela violência. Os cidadãos brasileiros clamam por justiça”‘, afirmou. Relator do processo do mensalão, Joaquim Barbosa disse que a tramitação do processo foi “absolutamente transparente”. “Pela primeira vez na história do tribunal, todas as partes de um processo criminal puderam ter acesso simultaneamente aos autos, a partir de qualquer ponto do território nacional, uma vez que toda a documentação fora digitalizada e estava disponível na rede.” O ministro acrescentou que as cerca de 60 sessões consumidas com o julgamento foram públicas, com transmissão ao vivo pela TV Justiça. “Os advogados dos réus acompanharam, desde o primeiro dia, todos os passos do andamento do processo e puderam requerer todas as diligências e provas indispensáveis ao exercício do direito de defesa.”

DISSE ME DISSE NO CENTENÁRIO DE CAYMMI

Mario Alves Filho me falou que Gilberto Gil disse que encontrou circulando pela internet esta carta que o saudoso Caymmi enviou para o também saudoso Amado.Amado e Caymmi

Reproduzo em homenagem ao poeta do mar:

“Jorge meu irmão, são onze e trinta da manhã e terminei de compor uma linda canção para Yemanjá, pois o reflexo do sol desenha seu manto em nosso mar, aqui na Pedra da Sereia. Quantas canções compus para Janaína, nem eu mesmo sei, é minha mãe, dela nasci.

Talvez Stela saiba, ela sabe tudo, que mulher, duas iguais não existem, que foi que eu fiz de bom para merecê-la? Ela te manda um beijo, outro para Zélia e eu morro de saudade de vocês.

Quando vierem, me tragam um pano africano para eu fazer uma túnica e ficar irresistível.

Ontem saí com Carybé, fomos buscar Camafeu na Rampa do Mercado, andamos por aí trocando pernas, sentindo os cheiros, tantos, um perfume de vida ao sol, vendo as cores, só de azuis contamos mais de quinze e havia um ocre na parede de uma casa, nem te digo. Então ao voltar, pintei um quadro, tão bonito, irmão, de causar inveja a Graciano. De inveja, Carybé quase morreu e Jenner, imagine!, se fartou de elogiar, te juro. Um quadro simples: uma baiana, o tabuleiro com abarás e acarajés e gente em volta.

Se eu tivesse tempo, ia ser pintor, ganhava uma fortuna. O que me falta é tempo para pintar, compor vou compondo devagar e sempre, tu sabes como é, música com pressa é aquela droga que tem às pampas sobrando por aí. O tempo que tenho mal chega para viver: visitar Dona Menininha, saudar Xangô, conversar com Mirabeau, me aconselhar com Celestino sobre como investir o dinheiro que não tenho e nunca terei, graças a Deus, ouvir Carybé mentir, andar nas ruas, olhar o mar, não fazer nada e tantas outras obrigações que me ocupam o dia inteiro. Cadê tempo pra pintar?

Quero te dizer uma coisa que já te disse uma vez, há mais de vinte anos quando te deu de viver na Europa e nunca mais voltavas: a Bahia está viva, ainda lá, cada dia mais bonita, o firmamento azul, esse mar tão verde e o povaréu. Por falar nisso, Stela de Oxóssi é a nova iyalorixá do Axé e, na festa da consagração, ikedes e iaôs, todos na roça perguntavam onde anda Obá Arolu que não veio ver sua irmã subir ao trono de rainha? Pois ontem, às quatro da tarde, um pouco mais ou menos, saí com Carybé e Camafeu a te procurar e não te encontrando, indagamos: que faz ele que não está aqui se aqui é seu lugar? A lua de Londres, já dizia um poeta lusitano que li numa antologia de meu tempo de menino, é merencória. A daqui é aquela lua. Por que foi ele para a Inglaterra? Não é inglês, nem nada, que faz em Londres? Um bom filho-da-puta é o que ele é, nosso irmãozinho.

Sabes que vendi a casa da Pedra da Sereia? Pois vendi. Fizeram um edifício medonho bem em cima dela e anunciaram nos jornais: venha ser vizinho de Dorival Caymmi. Então fiquei retado e vendi a casa, comprei um apartamento na Pituba, vou ser vizinho de James e de João Ubaldo, daquelas duas ‘línguas viperinas, veja que irresponsabilidade a minha.

Mas hoje, antes de me mudar, fiz essa canção para Yemanjá que fala em peixe e em vento, em saveiro e no mestre do saveiro, no mar da Bahia. Nunca soube falar de outras coisas. Dessas e de mulher. Dora, Marina, Adalgisa, Anália, Rosa morena, como vais morena Rosa, quantas outras e todas, como sabes, são a minha Stela com quem um dia me casei te tendo de padrinho.

A bênção, meu padrinho, Oxóssi te proteja nessas inglaterras, um beijo para Zélia, não esqueçam de trazer meu pano africano, volte logo, tua casa é aqui e eu sou teu irmão Caymmi”.

PRIMEIRA-DAMA INTERCEDE E FERNANDO FERRERO FICA NA BAHIATURSA

Fernando Ferrero, presidente da Bahiatursa

Fernando Ferrero, presidente da Bahiatursa

Depois de ter sido avisado, numa missão oficial ao Chile, que seria apeado da presidência da Bahiatursa, o empresário Fernando Ferrero escapou da degola. Segundo informações colhidas pelo site Política Livre, teria intercedido decisivamente em seu favor a primeira-dama do Estado, Fátima Mendonça. Lembrando que Ferrero fora uma espécie de patrono de seu relacionamento com o governador Jaques Wagner e também do perfil técnico do presidente da empresa, Fátima disse que não aceitava a saída dele do governo. Assim, reverteu a demissão. Um dos ex-proprietários do lendário bar e restaurante Ex-Tudo, no Rio Vermelho, Ferrero foi que apresentou a bela e extrovertida morena ao então sindicalista Jaques Wagner, tornando-se íntimo dos dois. Quando Wagner foi eleito deputado federal pela primeira vez, foi de Ferrero o paletó que ele envergou na solenidade de diplomação. Portanto… não será mais desta vez que o deputado federal Marcos Medrado, presidente estadual do Solidariedade, indicará o comando da empresa. Política Livre

DEPOIS DA PROMESSA DE NOMEAÇÃO DO FILHO PARA A BAHIATURSA MARCO MEDRADO CONFIRMA APOIO DO SD A RUI COSTA

marcos-medradoConfirmada a nomeação do seu filho, o Diogo Medrado, para a presidência da entidade máxima do turismo no estado da Bahia, o deputado federal pelo SD, Marcos Medrado afirmou que o partido vai apoiar o candidato do PT Rui Costa. “Existe esse compromisso. A conversa aconteceu há um tempo e foi colocada algumas coisas, algumas foram cumpridas outras não. Mas, o partido vai apoiar Rui Costa. Está fechado”. A certeza de Medrado bate de frente com o que disse seu correligionário Arthur Maia, que negou apoio a Costa, depois de não ter garantido o que foi combinado. Mas, Medrado aguarda a nomeação de seu filho Diogo para presidir a Bahiatursa, ao ponto em que bate pé firme sobre a decisão da sigla na Bahia, o parlamentar diz que o correligionário Arthur Maia tem se comportado contrário a apoiar Rui Costa, mas que é uma decisão isolada e não da sigla. “Ele [Arthur Maia] tem sido muito contrário a essa aliança. Acho que não haverá nenhum constrangimento, o partido está fechado com Rui”, reiterou.

Já o deputado Arthur Maia, primeiro vice-líder do Solidariedade na Câmara dos Deputados afirmou que não faz política com nomeações e nega o apoio a Rui Costa. “Há pouco mais de um mês o partido disse que apoiaria Rui Costa. Não há dúvida de que foi uma atitude precipitada. Todos os acordos feitos com ele não foram cumpridos. Isso demonstra falta de apreço”, disse. Maia reiterou o discurso de ter sido minimizado e disse que foi feita uma reunião do SD baiano para reavaliar o Arthur Maiaapoio, quando ficou decidido contrariamente.

Sobre apoio a Paulo Souto (DEM), o parlamentar preferiu não opinar e limitou-se a dizer que isso será levado ao âmbito da Executiva.  “Vou ter uma conversa com o presidente do partido. Vai ter uma reunião do partido na segunda semana no mês de maio. De lá sai a decisão”.