Arquivo para ‘Educação’ Categoria

IPIAÚ: ”DIÁRIO DAS MIL FACES” SERÁ LANÇADO NO CHAPLIN

Rodrigo Muniz Ferreira Nogueira

No próximo dia 9 de junho, às 20 horas, acontece no Restaurante Chaplin, no distrito de Japomerin, à margem direita do Rio de Contas, em Ipiaú, o lançamento do livro “Diário das Mil Faces”, da autoria de Rodrigo Muniz e Juliana Soledade.

Trata-se de uma obra baseada em fatos reais, com algumas pitadas de ficção, que chega para marcar a nova safra de escritores da região cacaueira.

Rodrigo Muniz Ferreira Nogueira é natural de Salvador, mas passou boa parte da sua vida em Ipiaú. Filho da decoradora Líbia Muniz e bisneto do lendário Edizio Muniz Ferreira que foi considerado o maior cacauicultor e exportador individual do mundo, o jovem escritor enxergou na história da sua própria família um enredo único e repleto de clímax, unindo uma narrativa romanceada e poética com fatos.

Rodrigo é graduado em Comunicação Social e pós-graduado em Comunicação Empresarial, Marketing, Cultura e Turismo, além de professor na coordenação de cursos de graduação em Comunicação Social e de pós-graduação em Comunicação Organizacional.

Também é da sua autoria o livro “Carnaval de Itabuna: Memória, Identidade e Turismo”. Antes de Ipiaú, a obra conjunta de Rodrigo Muniz e Juliana Soledade será lançada em Itabuna, dia 30 de maio, no Shoping Jequitibá.

Juliana Soledade

A advogada e empresária grapiuna, Juliana Soledade, parceira de Rodrigo Muniz em “Diário das Mil Faces”, vem se revelando uma importante e talentosa escritora do sul da Bahia. Já publicou outros dois livros, sendo que um deles (Despedida de Mim) atingiu a marca de 1.500 copias em um ano, número considerado bastante significativo para a região. Ela participou da 23ª Bienal Internacional do Livro, em São Paulo.

LAVA JATO E A CULTURA DA BAHIA

Por Lula Martins*

 

 

 

 

Grande parte dos artistas e produtores culturais da Bahia anda assustada com a real possibilidade de ser envolvida nas investigações da Lava jato. As investigações logo irão revelar os esquemas fraudulentos de superfaturamento e privilégios a serviço de figuras representativas da elite cultural baiana.

O que assistimos há mais de uma década é o declínio, desestímulo e claro impedimento das produções que não estejam atreladas aos ideais da esquerda. Está na hora de virar esse quadro injusto e excludente abrindo espaço para uma cultura artística ética e livre que dê apoio e oportunidade aos novos talentos.

Quando deixaremos de ser uma província povoada pela mentalidade ideológica rançosa?

Talento e caráter nem sempre andam juntos. Essa pretensa consciência superior e humanismo altruísta da esquerda bolivariana tem sido nestes treze anos de mentiras políticas, fonte de recursos para artistas e produtores encherem as burras de grana superfaturadas e prestações de contas fraudulentas. Quem não pertence ao esquema tem ficado de fora da possibilidade de ter o seu projeto aprovado.

Já nos anos sessenta Ernst Fischer em A Necessidade da Arte, faz uma reflexão marxista sobre o labor artístico que deu margem a polêmicas acaloradas sobre a arte socialista e a arte pela arte. Eu já amava os Beatles e os Rolling Stones, Hoodstock e a libertária arte pop, sem o condicionamento ideológico repressor da esquerda. A reviravolta da história mostra hoje, que os verdadeiros alienados são os comunistas amantes de ditaduras escravizantes.

Atenção espertos afanadores do erário. Lava jato vem aí.

A Máscara da Tragédia

 

*Antônio Luis Martins é cineasta, escritor, roteirista, compositor, artista plástico, design gráfico e ator do filme “Meteorango Kid, Herói Intergalático”

 

INSTALADO EM JEQUIÉ, NEOJIBÁ DISPONIBILIZA VAGAS PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Maestro Gustavo Laporte com Bené Sena, diretor de Promoções Culturais  da Secretaria da Cultura de Jequié em entrevista concedida hoje aos jornalistas Wilson Novaes e Éder Ramos, na Rádio Povo de Jequié.

O velho sonho do músico e ex-secretário municipal de Cultura de Jequié, e atual diretor de Promoções Culturais, Bené Sena, parece que vai concretizar-se. Já se encontra em Jequié, oriundo de Belo Horizonte, o maestro mineiro Gustavo Laporte, designado pelo Núcleo de Prática Musical como coordenador dos trabalhos na região.

Desde algum tempo Bené Sena vem se empenhando para a implantação de atividades culturais, em especial a intimidade com instrumentos musicais, que envolvam a juventude com o objetivo de formar músicos qualificados e socializar os resultados entre os alunos da rede municipal de Educação, de Jequié. Suas aspirações eram a de um dia montar uma orquestra musical que despertasse a sensibilidade dos ouvintes. Já se constata o início daquele projeto, aparentemente utópico.

O NEOJIBA – Núcleos Estaduais Juvenis e Infantis da Bahia) estará com inscrições gratuitas no Museu Histórico João Carlos Borges, em Jequié, nos dias 14 e 15 de maio, para crianças entre 8 e 18 anos. Ao todo são 50 vagas para violino, viola, violoncelo e canto coral. O atendimento aos interessados de ambos os sexos, por ordem de chegada será das 9h às 12h e das 14h às 17h. Os responsáveis precisam levar os seguintes documentos: Cópias de RG e CPF da criança ou adolescente e também do responsável, comprovante de endereço, comprovante de matrícula ou boletim escolar, número do NIS/CadÚnico, Cartão SUS e foto 3×4.

O NEOJIBA promoveu o encontro de 40 jovens de projetos musicais e filarmônicas membros da Rede de Projetos Orquestrais da Bahia durante o I Seminário Pedagógico, em Salvador. entre os dias 23 e 27 de abril de 2018 Foto: Taylla de Paula

Criado em 2007 como um dos programas prioritários do Governo do Estado da Bahia, o NEOJIBA tem por objetivo alcançar a integração social por meio da prática coletiva e de excelência da música. No Brasil, o NEOJIBA é o primeiro programa governamental inspirado no aclamado “El Sistema”, programa venezuelano criado em 1975. O NEOJIBA é uma ação da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social e sua gestão de atividades em Jequié fazem parte do Núcleo de Prática Musical do programa que já está em funcionamento em parceria com a Prefeitura Municipal de Jequié, funcionando provisoriamente nas dependências do Museu e, posteriormente, irá funcionar no bairro Mandacaru. O diretor fundador do NEOJIBA é o maestro e pianista conquistense Ricardo Castro. O NEOJIBA beneficia mais de 4.600 crianças, adolescentes e jovens em seus Núcleos de Prática Orquestral e Coral e através de ações de extensão,

Os Núcleos de Prática Musical são ambientes de formação musical e convivência coletiva do NEOJIBA. Através dos desafios pedagógicos e artísticos propostos, crianças, adolescentes e jovens se desenvolvem num ambiente de aprendizagem coletiva. Os Núcleos funcionam diariamente de segunda a sexta e oferecem aulas de prática orquestral, instrumental, canto coral e linguagem musical. Também promovem atividades para formação de jovens líderes e de intercâmbio com artistas, outros Núcleos do NEOJIBA, instituições e projetos sociais parceiros. Uma equipe especializada realiza acompanhamento social, escolar e de saúde para os integrantes e suas famílias.

Os interessados devem ter a seguinte disponibilidade para as atividades: Violino, viola e violoncelo: De segunda a quinta das 14h às 17h (Não é necessário possuir o instrumento)

Coral Infantil: Quartas e sextas de 14h às 15h15

Coral Juvenil: Quartas e sextas de 16h às 17h30

50 vagas para o Núcleo de Prática Musical em Jequié

15 vagas para cordas friccionadas (violino, viola e violoncelo)

Faixa etária: 12 aos 16 anos

10 vagas para Canto Coral Infantil

Faixa etária: 8 aos 12 anos

25 vagas para Canto Coral Juvenil

Faixa etária: 13 aos 18 anos

IFBA JEQUIÉ ABRE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA OS CURSOS ELETROMECÂNICA E INFORMÁTICA

As inscrições gratuitas para o Processo Seletivo Simplificado – 2018.2 para os cursos Técnicos da Forma Subsequente de Eletromecânica e Informática podem ser feitas de 11 a 17 de maio de 2018.

São 40 vagas para o curso de eletromecânica e 40 vagas para o curso de Informática. Os cursos têm duração de dois anos e são ofertados no período noturno. A previsão para o início das aulas é 21 de agosto de 2018.

A seleção será feita com base nas notas do Ensino Médio das disciplinas de Português e Matemática do candidato, comprovadas por meio do Histórico Escolar.

As inscrições podem ser feitas de forma presencial com a apresentação da documentação exigida em edital no campus Jequié ou através de e-mail.

Todas as informações referentes ao Processo Seletivo Simplificado – 2018.2 estão disponíveis no site do IFBA Campus Jequié: jequie.ifba.edu.br.

Contato e entrevista: Fábio Santos – Coordenador do Prosel Simplificado 2018.2

73 98109 6384 (Oi)

73 99114 8694 (Tim)

73 3525 9667 – ramal 1707

JEQUIÉ: UESB INAUGURA CENTRO DE PESQUISAS EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS NO CAMPUS PROFESSOR WILSON ROCHA

GEDDEL, LÚCIO VIEIRA LIMA E MÃE DA DUPLA VIRAM RÉUS EM CASO DO BUNKER

BRASÍLIA – A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu nesta terça-feira (8), denúncia contra o ex-deputado Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), preso preventivamente há oito meses no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. Ele responderá por lavagem de dinheiro e associação criminosa como réu em uma ação penal. O caso veio à tona quando foi descoberto, em um apartamento em Salvador, R$ 51 milhões em dinheiro. A posse dos recursos foi atribuída ao ex-parlamentar.

Também foram transformados em réus o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), irmão de Geddel; a mãe deles, Marluce Vieira Lima; o ex-assessor Job Ribeiro Brandão; e o empresário Luiz Fernando Machado da Costa Filho. O ex-chefe da Defesa Civil de Salvador Gustavo Pedreira do Couto Ferraz também foi denunciado no mesmo esquema, pelo transporte das quantias. Mas o caso dele foi arquivado por falta de provas de que ele tinha conhecimento da ilegalidade da operação.

Segundo a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR), os R$ 51 milhões são resultado da prática de crimes. Ainda segundo os investigadores, há provas de que a família Vieira Lima lavava dinheiro por meio do mercado imobiliário.

Com o início da ação penal, será iniciada uma nova fase das investigações. Ao fim, será decidido se os réus são culpados ou inocentes. Além da perda dos R$ 51 milhões, a PGR pediu que, em caso de condenação, os réus paguem indenização por danos morais coletivos no mesmo valor. Solicitou, ainda, a perda de função pública. No caso de Lúcio Vieira Lima, isso significa que, caso condenado, ele perde o mandato de deputado.

Também por unanimidade, a Segunda Turma decidiu manter Geddel preso por tempo indeterminado. Os ministros levaram em consideração o risco de o ex-deputado voltar a cometer crimes se for libertado. Eles lembraram que o dinheiro foi encontrado no apartamento em Salvador quando Geddel estava em prisão domiciliar. Além disso, foi lembrado que, em depoimento, Job Brandão contou que nessa mesma época houve destruição de provas.

O que dizem alguns ministros

“Há consistente lastro indiciário, concreto, suficiente, factível, a sugerir reiteração delituosa do agravante. A afronta à ordem pública está apta a uma medida drástica, a da segregação cautelar”, disse o ministro Fachin.

“Creio que existem indicações nos autos que indicam risco de reiteração delituosa”, concordou o ministro Lewandowski.

“Durante a prisão domiciliar, houve a destruição de agendas e documentos. Foram picotados e colocados na descarga do vaso sanitário. Isso mostra o grave risco que há manter Geddel em estado de liberdade”, encerrou o ministro Celso de Mello.

VÁ PARA DENTRO

Por Edvaldo Santiago* Via Isabel Santiago

Texto produzido em 06.01.2015

 

 

 

Bom encontrar pérolas soltas numa gaveta qualquer… Tatai nos deixou um enorme legado cultural e ainda brinda as filhas queridas com essas surpresas agradáveis. Agradecido por compartilhar…

Sala de leitura do professor Tatai – Foto Vicente Andrade – Blog Bote Fé.

Ou vá para fora. Trata-se mais que uma opção, uma alternativa, uma escolha. É uma decisão de vida, da existência plena. Brevíssimo comentário de uma das mais belas palestras de Osho, verdadeiro sábio oriental, autor de centenas de palestras, transformadas em livros.

Extraída de sua palestra “Siga sua natureza”, as expressões acima, são lições de amor, de verdade de vida, lições que Jesus Cristo tanto nos ensina todo dia.

Vá para dentro,

Temos sido dirigidos, encaminhados, mormente nessa era de globalização a ir para fora, as sensações, os prazeres, as ilusões são mais convidativas e fáceis de serem seguidas. Mesmo antes do nascimento, somos inconscientes de quem realmente somos. Em tudo, somos dirigidos de fora. Influências do lar, da escola, da sociedade e, da cultura. O ego é o portão de visita, necessário em sociedade. Todavia, sem a nossa natureza, nada sabemos, individualmente, sobre nós mesmos. Necessidade premente de seguirmos nossa natureza, o que só acontece, no caminho da existência, com o passar dos anos.

A natureza é o nosso coração, a nossa consciência, o nosso verdadeiro ser. A identidade dada por Deus, ao nos criar a sua imagem e semelhança. E Ele está dentro de cada um de nós e Sua voz encontra-se no mais recôndito da alma, no centro vital das suas criaturas. Então, vá para dentro, reflita o momento presente, consulte seu coração, ouça a voz interior, a voz do Mestre interior e viva, trabalhe, cante, sorria, chore, dance, brinque. Assim, viverá, plenamente, a vida dará valor a tudo o que tem tudo que faz tudo que é. Com certeza, em tudo o que fizer, dará sempre o melhor de si mesmo. Vá para dentro!

Conscientize-se. Saiba quem você é. Saibamos quem somos. Isso é autoconhecimento. Em silêncio, reflita, medite, deixe de lado o passado, não pense, esqueça da mente e se entregue ao Inacessível, ao Desconhecido. De modo total. E ouvirá, e ouviremos a Voz do Altíssimo, indicando o caminho da verdade, do amor, da felicidade. Todo tempo é tempo. Vá para dentro!

Wanda Santiago e as filhas queridas de Tatai e Wanda Santiago (Foto Rosário Santiago)

*Edvaldo Santiago, Tatai, (1926-2017) foi alfaiate, craque de futebol, professor, Licenciado em Filosofia, advogado, Diretor do Colégio Agrícola, um dos fundadores do Independente Esporte e Cultura, do Rotary Clube de Ipiaú e da Loja Maçônica Rionovense, Vereador por oito mandatos consecutivos, presidente da Câmara

SOMOS NÓS OU ELES

OS VERMELHOS ATACAM OS VERDE-AMARELOS

Leiam este texto de Rafael Rosset, publicado no mural de Ana Tabet “Ou nos convencemos de que há uma guerra em curso, ou vamos sucumbir”… compartilhado de Iracema Carneiro

“Um resultado do fatídico desabamento do prédio aqui em São Paulo foi obrigar parte da imprensa a admitir que os tais “movimentos sociais” não são formados por anjos e paladinos da justiça.

“Mas não se pode deslegitimar” ou “não é o caso de criminalizar” foram as desculpas mais lidas após o reconhecimento do fato de que o MTST e seus afiliados são os coronéis da nova “indústria da seca”, rebatizada como comércio de invasões.

Desculpas envergonhadas, tímidas, de quem sabe que está tentando salvar os anéis depois de terem sido perdidos os dedos.

Quem emprega essas desculpas ainda acha, às vezes ingenuamente, às vezes maliciosamente, que tais movimentos são instrumentos na luta por moradia para todos. Só que basta uma passada no próprio site do MTST pra descobrir que esses “movimentos sociais”, na verdade, estão em guerra, e seus filiados não passam de soldados arregimentados, quer eles saibam disso quer não.

Em 2015, durante a movimentação para o impeachment, Lula falava em “exército do Stédile” (que até agora não deu as caras), e o que se vê nesse momento é o nascimento do “exército do Boulos” (Lula, ele próprio, já esteve no papel de general de um exército, o dos metalúrgicos).

Está lá, na parte de “objetivos” do site do MTST, que o que o movimento deseja é a “construção do poder popular”. Além disso, dizem seus líderes que “as formas de atuação do MTST estão centradas na luta direta contra nossos inimigos”, sendo esses “inimigos” “as leis, o governo, a justiça” que refletem os interesses de “patrões, proprietários de terras e banqueiros”.

O MTST NUNCA quis resolver o problema da moradia, assim como o MST nunca quis resolver o problema do latifúndio, ou como a UNE nunca desejou a universalização de um ensino de qualidade, ou como os sindicatos nunca desejaram o pleno emprego, porque o atingimento desses objetivos significaria o fim de suas clientelas. Prova disso é que os desabrigados pelo desabamento recusaram as ofertas da prefeitura para irem a albergues da região, e preferiram permanecer no meio da praça, segundo o Padre Júlio Lancelotti (que certamente deve envergonhar todo católico que se preze), numa “atitude de enfrentamento”.

No albergue as famílias encontrariam, além de abrigo e proteção, chuveiro quente, muda de roupas e 3 refeições diárias. Mas eles preferem permanecer numa ocupação sem água corrente, sem energia elétrica, com toque de recolher e com esgoto correndo livremente pelos corredores.

Ora, não há “inimigos” num regime democrático. Pode haver adversários, pode haver discordâncias, mas “inimigos” só os há numa guerra. “Inimigos” não coexistem, inimigos buscam a destruição um do outro. Sempre que abre a boca pra falar em “democracia”, Guilherme Boulos ressalta que não tem interesse em democracia “política” se não houver democracia “econômica”, ou seja, SOCIALIZAÇÃO.

O movimento não quer a parcela dele no espaço urbano, ele quer a minha e a sua.

Entender isso é fundamental.

Em agosto de 2016, no rescaldo do impeachment, Lindbergh Farias disse na tribuna do Senado que não haveria conciliação.

É verdade. Não pode haver.

Somos nós ou eles.

E é bom lembrar, como mostra a história, que eles estão dispostos a tudo.”

IPIAÚ REALIZOU 3º FESTIVAL DO CHOCOLATE E 5º AGROCACAU

A Prefeitura Municipal de Ipiaú em parceria com o Território Médio Rio das Contas (TMRC) e a Associação dos Produtores de Cacau e Chocolate (APROC), realizaram, com sucesso, a terceira edição do Festival do Chocolate e o 5º Agrocacau de Ipiaú. O evento aconteceu no último final de semana com atividades no auditório do Centro Paroquial da Igreja Matriz de São Roque e em plena praça pública. As principais atrações artísticas, culturais, assim como os vários stands de degustação e comercialização dos produtos de cacau atraíram milhares de pessoas para a Praça Rui Barbosa, onde aconteceram as principais atividades envolvendo o grande público. Já os produtores, técnicos e interessados no trato e na produção dos chocolates finos e doces caseiros, participaram das inúmeras atividades nos locais previstos na programação.

Além dos shows musicais de bom nível, degustações de chocolates, concursos de tortas de bolos foram o ponto alto da Festa do Chocolate em Ipiaú. No final da noite de sábado (28), o público vibrou com a finalíssima do concurso regional para a escolha da Garota Chocolate 2018.

Palestras

Significativo número de interessados acorreram ao auditório do Centro Paroquial onde participaram dos trabalhos e ouviram as palestras que se seguiram: “Mercado do Cacau e Chocolate” com Antonio Zugaib, pesquisador da Ceplac; “Certificação do Cacau”, com Adriana Reis, gestora de qualidade do Centro de Inovação do Cacau; “Beneficiamento do Cacau”, com o cacauicultor Pedro Magalhães que narrou sua experiência como chocolateiro;

A palestra final aconteceu às 16 horas quando o secretário municipal da Agricultura e Meio Ambiente de Ipiaú, também produtor de cacau, médico e chocolateiro, Valnei Pestana discorreu sobre o tema “Cacau Alimento para o Mundo”, interagindo com a plateia ao abordar alguns aspectos dos mitos do chocolate-alimento, o equívoco do chocolate-guloseima, esclarecendo numa didática eficaz, que “não podemos mais avaliar o cacau pelo seu peso, se sim pela importância dos seus derivados como alimento nobre e essencial. O dr. Valnei abriu o debate sobre o empolgante tema, que contou com a participação especial do médico cardiologista Dr. Roberto Vieira Nascimento, que deu uma aula sobre a ação e os benefícios do cacau e do chocolate na saúde humana.

 

Shows musicais

O conhecido e talentoso vocalista Álvaro Sikiling e banda Soda Pop levaram o público ao delírio com o repertório escolhido, variando os ritmos da jovem guarda com o rock pesado, animando a praça e induzindo a imensa plateia a dançar sob a cadência e padrão ritmo do excelente intérprete sikiling, acompanhado pelo baterista Zé Tenaz, Brizola na guitarra base, Sussa Bass, no baixo e Rogério na guitarra solo.

 

Garota Chocolate

Embora o regulamento do concurso Garota Chocolate 2018, tenha adotado como critério principal a estética, charme e elegância das meninas concorrentes, o real objetivo do concurso foi o envolvimento da juventude na valorização do chocolate como produto regional, além da associação da beleza feminina, a desenvoltura e alegria da menina-mulher da região do cacau às características do chocolate do sul baiano, que está em pleno preparativo para aprimorar o seu manejo e dar o esperado salto de qualidade para alcançar o mundo. Valeu a experiência e a expressiva vitória da morena cor de chocolate, representante de Ubatã, Laís Pereira Alves, 24 anos, modelo fotográfica, como a Garota Chocolate 2018.

As outras duas finalistas, Fernanda Cardin, 20 anos, estudante, representante de Ibirataia e Lorrana Louzado, estudante, representante de Ipiaú, receberam faixas e prêmios pela classificação.

Laís Alves, 24 anos, representante de Ubatã, é a Garota Chocolate 2018

A programação prosseguiu no domingo, (29), com atividades de campo, na Fazenda Pedra Branca, de Carlos    Baiardi, o concurso de Tortas e Bolos, na Praça Rui Barbosa e a solenidade oficial de encerramento do evento e shows com a cantora Delma (voz e violão) e o cantor Seu Agreste e banda, além da grande festa, também em praça pública, com a Banda Cacau com Leite.

IPIAÚ: SERÁ NESTA SEXTA (27) A ABERTURA DO 3º FESTIVAL DO CHOCOLATE E 5º AGROCACAU

Com o objetivo de dar visibilidade do chocolate de origem e fomentar os negócios da cacauicultura, o Território Médio Rio das Contas, a Prefeitura Municipal de Ipiaú e a Associação dos Produtores de Cacau e Chocolate estarão promovento o 3º Festival do Chocolate e o 5º Agrocacau, com abertura prevista para as 20:00h do dia 27 de abril, sexta feira, na Praça Rui Barbosa, em Ipiaú.

O evento reúne expositores de chocolates, produtores de cacau, agricultores familiares, a imprensa, autoridades governamentais, industriais e empresários, além do público em geral, para participar da exposição dos produtos, degustar os especiais produtos integrais e derivados dos chocolates de origem, nos stands. Na oportunidade, além da esperada solenidade de abertura  haverá também, por volta das 22:30h, o show musical com Duda e Perkata de Couro.

Também na sexta (dia 27) as 17 horas haverá o encerramento do curso de classificação de amêndoas, iniciado desde a quarta feira (dia 25), no auditório da Ceplac de Ipiaú, contando com a presença do engenheiro agrônomo Renildo Peixoto, um dos entusiastas em enxertia de qualidade e do processo de capacitação e aprendizagem das tecnologias e inovações setoriais.

Seminário Cacau e Chocolate

O Seminário terá lugar no salão paroquial da igreja de São Roque com a seguinte programação: dia 28 a 9:00 horas sob a mediação de Adilson Reis e Lídice da Matta, Antônio Zugaib abordará o tema “Mercado de Cacau e Chocolate”.  Às 10h:30min Adriana Reis falará sobre “Certificação do Cacau” tendo como mediadores Eduardo Salles e José Vivaldo Mendonça.

Às 14:00h o “Beneficiamento do Cacau” será o tema da palestra de Pedro Magalhães, mediado por Florinelson Amparo e Valnei Pestana.

Finalizando o Seminário, o atual secretário municipal de Agricultura de Ipiaú, enfocará o cacau, como alimento para o mundo, em palestra homônima, tendo como mediadores Roberto Vieira Nascimento, Ricardo Nascimento e José Mendes da Silva.

Ainda no domingo, às 22:00 horas haverá o concurso Garota Chocolate; às 00:00h show musical com o conjunto Soda Pop.